terça-feira, outubro 30, 2007

O senhor que não tem nada ... mas tem Deus

Já está na casa dos 70 anos, é maltratado pela filha quando ela se embriaga, foi abandonado pela outra que não o quer lá em casa por causa do marido e ali anda ele de um lado para o outro. Veio para Portugal por causa de um cancro. No país dele não havia os tratamentos necessários. Agora já pode voltar, mas, como está legalizado, não tem direito a receber ajuda da associação do seu país.

Ali está ora na Igreja, ora na rua. Gosta de falar com as pessoas. É uma pessoa muito culta. Quem já o vai conhecendo, ajuda-o. Agora falta juntar dinheiro para a passagem de avião. As filhas não querem saber. Resta a ajuda da Igreja e de quem o conhece. Neste momento estamos a juntar dinheiro para que consiga voltar à sua terra.

Mas tem uma fé incrível. Quando lhe perguntamos como é que aguenta tanto sofrimento, só nos diz: "Confiança em Jesus! Ele é tudo! Como é que dizem no Pai-Nosso? ... O Pão nosso de cada dia nos dai hoje... Se Jesus não me der uma refeição, dá-me outra. Confiar sempre Nele!"

E, de facto, este senhor começou por viver na rua, não ter nada para comer apesar do cancro e agora já tem quem lhe dê um tecto, roupa e comida. Rezemos para que consigamos o seu desejo: voltar à sua terra.

Para a próxima, nós que temos um tecto, roupa (se calhar até de marca e de várias cores para combinar uma peça com a outra), saúde... não refilemos tanto com Deus. Porque o principal já o temos. Façamos como este senhor que, tal como Jesus pediu, procura primeiro o Reino de Deus e a confiança em Jesus. Já agora leiam ou releiam esta passagem: http://www.paroquias.org/biblia/?c=Lc+12 (Lc 12, 22-32)

6 comentários:

Paulo Costa disse...

Obrigado por partilhares connosco esta história. Não haja dúvida que é sobretudo na miséria, na fragilidade, na pobreza, no sofrimento, no abandono, no desespero, que tomamos consciência da nossa dependência de Deus. Por isso, é que Jesus disse que "é mais fácil um camelo passar pelo buraco de uma agulha do que um rico entrar no Reino dos Céus."
Abraço fraternal!

joaquim disse...

Olá Maria João
Obrigado por nos chamares a sermos para os outros.

Não podemos ajudar? Como fazer-lhe chegar um donativo, por exemplo, para ajudar à compra do bilhete de avião?

É lindo esse dom que o Senhor colocou em ti, de ajudares os outros!

Abraço amigo em Cristo

O Profeta disse...

Uma triste história...


Uma cartola de papel
Guarda o sortilégio, a emoção
Um passo de mágica ao acaso
Às vezes solta luz ao coração

Mágico fim de semana


Doce beijo

malu disse...

Dá notícias sobre este caso Mª João. Quem sabe se nos juntando, uns poucos mais... Haja vontade e esperança.

Beijinhos.

elsa nyny disse...

POis...tinha então io mais importante"!!!!


Beijinhos

Sandra Dantas disse...

Obrigada Maria por esta história!
Faço a mesma pergunta do Joaquim: Não podemos ajudar?

Um grande abraço amigo!!!