sexta-feira, agosto 05, 2022

 Pedofilia e abuso sexual na Igreja

 


“Como continuas a ir à Igreja quando há padres e leigos que abusam de crianças?” Esta é uma pergunta que muitos de nós já devemos ter ouvido nos últimos tempos. Eis a(s) resposta(s):

 

1.º: Estou a 100% com as vítimas, como é lógico. E incentivo todas a denunciarem a situação. Caso o crime já tenha prescrito, peçam na mesma ajuda psicológica se veem que não conseguem lidar com esse passado.

 

2.º: A grande maioria dos padres e leigos não são pedófilos ou abusadores. É uma barbárie e dos crimes mais hediondos, mas nem todos são iguais.

 

3.º: Vou à Igreja (sou Igreja, no sentido de comunidade e Corpo de Cristo), porque amo Jesus e a nossa Mãe. É por Eles que vou, não é por causa do padre ou do leigo X ou Y.

 

Espero sinceramente que os casos venham ao de cima – doa a quem doer – para que se faça justiça. A quem sofreu (ou sofre), lembro: Jesus e a Mãe nunca vos vão abandonar e amam-vos muito. Muita força! Coragem! Vocês vão vencer!

 

Estes são os contactos para “Dar Voz ao Silêncio”

Email: geral@darvozaosilencio.org

Telemóvel: 91 711 00 00

Site: https://darvozaosilencio.org/

 


terça-feira, julho 19, 2022

 

O olhar atento de uma criança dentro da igreja

 


Estava na igreja quando chegou um grupo de crianças que estavam a fazer um peddy-paper ou algo do género. O objetivo era ver onde estava uma pedra com umas letras. Um deles olhava para tudo como se jamais tivesse estado numa igreja.

Estava uma pessoa no confessionário, daqueles antigos, e ele, muito curioso, aproximou-se e perguntou-me: “O que é aquilo?” Apanhada de surpresa, tendo de falar baixinho, respondi: “As pessoas vão falar com o Sr. Padre sobre aquilo que fazem menos bem.”

Ele voltou a questionar-me: “E depois?” Admito que fiquei um bocado sem jeito, porque não sabia bem como explicar a Confissão, entre sussurros, a uma criança que se percebia não conhecer nada da igreja. Acabei por responder: “Depois, as pessoas sentem uma enorme paz.”

Entretanto, ele teve de sair logo por causa do peddy-paper e não consegui dizer mais nada. Mas guardo-o no meu coração e rezo por ele. Vamos todos colocá-lo nas nossas orações?



terça-feira, julho 12, 2022

 

Está na hora de perder para ganhar vida em abundância!


Mateus diz o “Sim” a Jesus logo que o Mestre o convida (Mt 9, 9-13). Pensando nesta passagem do Evangelho, questiono-me: Há quanto tempo estaria Mateus a tentar mudar de vida para seguir Jesus? Quantas vezes terá perdido a coragem para dizer que estava farto de uma vida vazia?

E, nós, seremos como Mateus? Temos a coragem de dar o passo para seguir Jesus, mesmo que isso implique perder a reputação, o poder, o (suposto) bom nome, os vícios que nos afastam do amor, da paz e do perdão?

Ajuda-nos, Jesus, a ganhar coragem para Te seguir. Ajuda-nos a ver que tudo aquilo que podemos perder é para ganhar muito mais em Ti. É para ter e partilhar “vida e vida em abundância” (Jo 10, 10). Ámen.



sexta-feira, junho 24, 2022

 

Não há mestre ou guru que nos ame tanto como Jesus



Deitemos fora a imagem do Deus distante e vingativo e deixemos Jesus amar-nos como só Ele sabe. Se fosse assim tão bruto, morreria por nós numa cruz? Sofreria horrores, apesar de estar inocente? Não há guru ou outro mestre que o tenha feito... 

Hoje, é Dia da Solenidade do Sagrado Coração de Jesus. O padre, na Missa, lembrava algo que é fundamental na nossa fé. Deus não é um bruto, sempre pronto a castigar, como se pensou durante séculos. A Sua Palavra assim o demonstra, claramente, quando nos diz: 

“Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, que Eu hei-de aliviar-vos. Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração e encontrareis descanso para o vosso espírito. Pois o meu jugo é suave e o meu fardo é leve.” Mt 11, 28-30

 

 

sábado, junho 11, 2022

 

“Ao menos, tu, vem visitar-Me”, pede-nos Jesus...

 


Calor, sol, praia, campo, férias... Como é bom poder descansar e quebrar a rotina dos dias cheios de stresse! Mas, não esqueçamos, quem nos dá este descanso. Não abandonemos Jesus e a Mãe nos meses de verão!


Lembremos os Seus pedidos:

“Ao menos, tu, vem visitar-Me com maior frequência e toma essas graças que não querem aceitar, pois com isso consolarás Meu Coração. (...) para tudo têm tempo, apenas não têm tempo para vir buscar as Minhas graças.” – palavras de Jesus a Santa Faustina


“Tu, ao menos, vê de Me consolar!” – pediu Nossa Senhora à Irmã Lúcia

 

PS: Esta partilha tem por base um ensinamento maravilhoso que ouvi a Carla Barbosa Rocha, autora do livro “A viagem de Jacinta Marto – A passagem da Pastorinha por Lisboa”, no grupo de oração RCC “Imaculado Coração de Maria” do serviço Escuta Oração da Paróquia de Carnaxide.


quinta-feira, junho 09, 2022

 

Tanto ruído em torno de Jesus... Ajudai-nos a discernir, Espírito Santo!



Diferentes vozes se levantam, cada um com uma sentença diferente. E isto tanto acontece fora como dentro da Igreja. No meio de tanta confusão, é preciso pedir a Jesus o Espírito Santo. Esta prece é sempre ouvida, como Jesus nos garante: “Pois se vós, que sois maus, sabeis dar coisas boas aos vossos filhos, quanto mais o Pai do Céu dará o Espírito Santo àqueles que lho pedem!” (Lc 11, 13)

É sempre bom, também, recordar duas ‘dicas” que vêm na I  Carta de S. João  para sabermos discernir melhor o que ouvimos ou lemos: 

1 – Quem nos fala ama por palavras e por obras, apesar das suas imperfeições? (Lc 3, 11-24)

2 – Essa pessoa reconhece que Jesus verdadeiramente encarnou, ou seja, foi enviado pelo Pai para salvação do mundo? (1Jo, 4)

Que o Espírito Santo nos ajude no meio de tanto ruído (des) informativo e opinativo ... Ámen.

 


 

quarta-feira, maio 11, 2022

A melhor prenda para a Mãe?


Não A usar apenas como se fosse uma caixinha onde se insere uma moeda para pedir coisas...
Fazer pedidos é normal, é nossa Mãe. Mas não olhemos apenas para o que nos pode dar. Amemo-La, sigamos o Seu exemplo de amor, humildade e paz. Lembremos o que nos pediu (e pede): "Fazei tudo o que Ele (Jesus) vos disser" (Jo 2,5)