terça-feira, outubro 09, 2007

Dai-nos força, Jesus!

Todos nós temos momentos menos bons. Fazem parte da vida. Há uns dias tive um desses momentos. Tudo parecia escuro à minha volta. Sabia que Jesus estava comigo, mas sentia-me completamente de rastos. Dizia-Lhe: "Desculpa, mas já não aguento mais. Estou cansada de esperar."

Mas, depois, comecei a pensar. O que é que estou a fazer? Cansada de esperar? E Jesus esperou mim quanto tempo? Tanto tempo que vivi afastada... Tantas vezes me chamou e não disse o "Sim". E com a Sua enorme paciência lá continuou a dizer: "Maria João, quero mostrar-te o Meu Amor e a minha Misericórdia!".

E agora estava ali naquele momento a dizer que não aguentava mais esperar. Mas Ele aguentou esperar por mim, apesar de O estar sempre a crucificar novamente. Aguentou tudo por Amor.

Claro que não faz mal desabafar. É o melhor que podemos fazer. Se não deitamos a angústia cá para fora, pode tornar-se num monstro que nos asfixia. Jesus gosta que desabafemos.

Mas nós também devemos olhar e ver onde estamos a errar. Se continuamos à espera é porque o Pai acha que ainda temos de passar por certas etapas para alcançarmos o que Lhe pedimos. Ou então, aquilo que pedimos não é o melhor para nós e Ele não nos dá, para não nos magoarmos ainda mais. Ou então, é a altura de vermos que quando Jesus espera por nós também sofre muito.

Por mais difícil que seja, lembremo-nos que Jesus nos diz estas palavras todos os dias: "Não carregues a cruz sozinho. Deixa que uma parte seja carregada por ti, outra pelo teu próximo e outra por Mim. Eu também precisei de ajuda durante o caminho para o Calvário. Se sou Amor achas que te iria deixar carregar a cruz sozinha?"

5 comentários:

joaquim disse...

Esses momentos são bons para "cimentar" a fé, para reconduzir ao caminho, o que aliás fica bem expresso nas tuas palavras.

Deus, se é possivel, faz-se mais presente nesses momentos, nós é que não O vemos, mas depois percebemos...

Rezo contigo.

Abraço amigo em Cristo

sedente disse...

Como o próprio Jesus, a vida do cristão é também feito de mistério pascal...a cruz está presente, mas a vida vence sempre.
abrç+

silvino disse...

e como sabe bem deitar no Seu colo e desabafar(:

Paulo Costa disse...

Estou sempre a aprender... É verdade, Jesus também esperou por mim, pacientemente... Suportou o meu orgulho, rebelião, ignorância, auto-suficiência, paixões egoístas...Esperou-me de abraços abertos...nunca me censurou ou condenou. Amou-me sempre... acreditou sempre em mim, mesmo quando eu não acreditava Nele.
Abraço fraternal!

Fontez disse...

BEm dito!
Deus ama-nos tal como somos!
...
Oremos sempre!