domingo, setembro 02, 2007

Como foi bom voltar, Jesus!


Este sábado voltei ao bairro. Fui convidada para ir a uma oração mariana. Foi, mais uma vez, uma experiência gratificante. Foi óptimo ver crianças a corerrem para mim e a abraçarem-me. Pessoas que olhavam para mim e que me diziam, no seu olhar, "Obrigado por teres voltado. Não mentiste quando disseste que continuavas a vir!". Também conheci novas pessoas e outras zonas do bairro que ainda me eram desconhecidas.


Desta vez fui sozinha. Foi um momento maravilhoso quando entrei. Sentia a Presença do Pai. Naquele momento sentia-me a quebrar a barreira do preconceito e a abrir as portas para a Luz de Cristo. Durante anos sempre ouvi que nunca nos devíamos aproximar do bairro. "É perigoso!" - diziam-me. Mal lá pus os pés lembrei-me de como devo agradecer ao Pai por me tirar as escamas dos olhos, chamadas preconceito.


Foi muito bom. O problema é mudar o preconceito em meu redor. Vai levar mais tempo. Tenho de ter paciência. Antes de ir lá tive de levar com o alerta: "O quê? Vais sozinha? Para aquele bairro?".


Mas, o Pai é grande e lá fui. Obrigado, Abbá! Nunca deixem de praticar o amor do Pai! Por mais difícil que seja... Afinal, enfrentamos tantas coisas por objectivos mais superficiais, porque não haveremos de ultrapassar palavras, gestos, atitudes menos boas (nossas e/ou dos outros)... para irmos ao encontro do nosso irmão em Cristo que precisa tanto de nós?

3 comentários:

Fontez disse...

coragem e força tu tens.
sim existe tal preconceito e é grande na sociedade.
tas no bom caminho, no caminho do bem...! Ele está mt contente pelo que fazes...!

P.S. Gostava de participar e conhecer a tua comunidade de voluntariose /ou peregrinos pelos que mais precisam...!

elsa nyny disse...

Linda!Mais uma vez adorei o teu testemunho!! Lindo! Lindo!!!
Jesus sorri para ti certamente!!!

Hoje venho trazer-te um presente! Aceitas?

bjts

Paulo disse...

Preconceitos acima de tudo, numa sociedade consumista onde, por vezes, não deixa entrar as coisas simples da vida.