segunda-feira, maio 07, 2007

Amor atrai amor

Tinha 12 anos, se não me engano. Na escola onde andava havia uma rapariga que vivia zangada com o mundo. Todos nós tínhamos medo dela. Ninguém lhe podia dizer nada. Pessoalmente, cada vez que a via, afastava-me com medo que sobrasse para mim.



Um dia, estávamos na sala de convívio e eu, ao virar-me, não percebi que tinha alguém atrás de mim e pisei a pessoa. A minha primeira reacção foi pedir desculpa. Mal tive tempo de pedir desculpa, quando vejo que a pessoa que tinha pisado era essa rapariga. Gelei. Pura e simplesmente. Mas, ao mesmo tempo reagi calmamente. Olhei para ela sem medo. Era mesmo Deus com a Sua maozinha. Medrosa como era na altura, não conseguiria manter aquele olhar calmo se não fosse a ajuda Dele.



Primeiro olhou para mim com olhos de má, pronta a disparar mil e uma ofensas, mas depois, como viu que não tinha medo e olhava para ela normalmente, disse, muito calmamente, "Não faz mal!".


Isto foi verdade. Não se trata de uma estória inventada. Já passaram muitos anos, mas não me consigo esquecer deste momento em que o Pai me mostrou que amor atrai amor. Pode não ser logo à primeira como neste caso, mas o amor acaba por vencer, derrubando muitas barreiras que instalamos no nosso coração. Como Jesus nos ensinou, a política "olho por olho, dente por dente" deu lugar ao "amai-vos uns aos outros, como Eu vos amei".

7 comentários:

Paulo disse...

Mas nos dias que correm, caricatamente falando, por vezes é dificil amar...

silvino disse...

ó paulo, acho q amar sempre foi difícil .. n teria valor de outra forma ..

sim, maria joao .. love begets love, always =)

Doce Deleite disse...

Onde não há amor coloca amor e o encontrará.

Estou precisando colocar isso em prática!

Paz e bem.

Ver para crer disse...

Um bom testemunho de vida de que o amor vence o ódio e todo o mal.

José Silva disse...

Amor atrai mais amor, na razão directa do amor dado, e na razão inversa da dureza do coração.

A alegria multiplicar-se-á, porque «há mais alegria em dar do que em receber».

Paz e bem!

Paulo Costa disse...

As pessoas precisam de amor, confiança,compreensão, empatia, amizade, intimidade. Quando o nosso olhar e os nossos gestos irradiam bondade, paciência, compreensão, empatia, compaixão e amor é quase impossível que os outros reajam com ódio, violência ou indiferença.
A tua colega precisava de um olhar confiante, amoroso e acolhedor. Já alguma vez pensaste nos motivos subjacentes ao comportamento da tua colega? Já alguma vez pensaste que por detrás do seu mal-estar com o mundo e com os outros podia estar um enorme sofrimento interior? Talvez ela precisasse de alguém que lhe estendesse a mão, que a ajudasse a superar os seus próprios medos.
Gosto muito deste teu blog!

J disse...

Maria João,

que Saudades que eu já tinha de cá dar um saltinho!
Este cantinho onde Ele está sempre presente, e se faz sentir.

Amor gera Amor, e Deus é Amor levemo-Lo aos outros para que esta cadeia nunca pare.

Gostei do texto.

Um grande beijinho em Cristo