sexta-feira, maio 11, 2007


Adorar apenas a Deus Pai

Estamos no mês de Maria. São muitos os peregrinos que estão a caminho de Fátima. Rezemos por eles.

Há, no entanto, uma questão que não deve ser esquecida. Maria dá-nos um exemplo magnífico com a sua mansidão, humildade e generosidade, mas não nos podemos esquecer que, como diz o primeiro mandamento:"Adorar apenas a Deus". A própria Maria disse nas Bodas de Canaa: "Fazei tudo o que Ele vos disser". Ela intercede por nós e dá-nos um bom exemplo de como se deve dizer "sim" a Deus Pai, mas não é Deus. Sem Ele não consegue fazer nada. Os milagres são de Deus. Maria apenas intercede. Aliás, quem diz Maria, diz também todos os santos.

Não pensem que estou a menosprezar Nossa Senhora e os santos. Não! Como disse, ela é um óptimo exemplo para seguirmos o caminho de Jesus Cristo. Só chamo a atenção para esta questão, porque vejo muitas pessoas - muitas por desconhecimento das Escrituras, outras de forma inconsciente - que louvam mais Maria do que Jesus, tratando-a como se fosse Deus Pai. O mesmo acontece com os santos. As pessoas agradecem a Maria e aos santos por terem alcançado determinada graça, mas esquecem-se que o agradecimento também deve ser dado a Deus Pai. Afinal, Ele é que ouviu as suas intercessões e foi quem nos deu a graça. Por que razão há-de ser esquecido?

Olhemos para Maria e para os santos como os nossos ajudantes e os ajudantes de Deus Pai. Eles próprios assim o diziam, por palavras e acções. Não os estamos a reduzir ou a menosprezar por o fazermos. Estamos apenas a seguir a vontade de Deus Pai: "Adorar apenas a Deus!"

9 comentários:

Doce Deleite disse...

É verdade Maria, devemos adora somente a Deus. À nossa mãezinha apenas devemos venerar.
Quanto ao Nosso Papa, nós estamos muitos felizes com sua visita. O povo brasileiro é muito acolhedor e o Santo Padre tem sentido isso concretamente,todos os dias de sua visita.
Aqui neste link você pode acompanhar passo a passo o itinerário do noss pastor em solo brasileiro. http://www.visitadopapa.org.br/

Um grande abraço.

Pe. Vítor Magalhães disse...

Maria é o "sim" dos que olham para Deus.

caminante disse...

No tengas miedo de amar a la Virgen. Con toda el alma. Nunca es demás. Jesús, como buen hijo, está muy contento cuando así lo hacemos. La Virgen nos lleva siempre a Jesús. No pongas límites al amor a la Señora. Jesús no es "ciumento".
En Pontevedra, es el mismo Jesús quien le dice a Lúcia: "Ten pena del Corazón de tu Santísima Madre que está cubierto de espinas que los hombres ingratos en todo momento le clavan sin que haya quien haga un acto de reparación para quitárselos".
Quedo por aquí.
Un fortísimo abrazo.

silvino disse...

concordo com o caminante, jesus certamente gostará do nosso amor pela sua mãe.

mas percebi o teu ponto de vista. pois isto é também uma questão de consciência colectiva, de cultura religiosa .. a qual sabemos estar ainda muito básica, tradicionalista e cheia de crendices .. em nada ajudando à evangelização de uma atitude séria e segura das bases fé^^

joaquim disse...

Maria João

Concordo contigo e percebo que não é tua intenção colocares quaisquer "entraves" ao amor pela Mãe, mas sim chamar a atenção para que Maria aponta sempre para Jesus e nunca para Ele própria e muitos precisam que isso lhes seja dito.
A catequese é sempre importante e o teu texto é muito relevante.

Abraço em Cristo

Ver para crer disse...

Não tenhamos medo de Maria. Ela leva a Cristo e a Deus.

Paulo Costa disse...

Respeito muito a vossa fé e as crenças que partilham, mas agradecia que me explicassem como harmonizá-las com as palavras de Jesus:"Ninguém vem ao Pai SENÂO por mim"? E as palavras do Apóstolo Paulo:"Porque há UM SÒ Mediador entre Deus e os homens, Cristo Jesus - 1Timóteo 1.5
Também existe um(a) intermediário(a) entre os homens e Jesus? Não encontro na Bíblia nenhuma declaração em que Maria seja designada ou mencionada como mediadora entre os homens e Jesus.
Eu tenho pouco conhecimento bíblico, por isso agradecia qu respondessem ás minhas questões com base nas Escrituras Sagradas. Um abraço para todos! Que Deus vos abençoe!

O melhor disse...

Pus este post em "O melhor dos blogues" mas como pertencendo a Padres inquietos.
Afinal é teu o de outrem?
Gostava de ser esclarecido.

J disse...

Maria João,

Irei escrever um texto sobre essa questão em breve, porque eu própria já me vi numa situação semelhante em certa medida, não adorando mais Maria do que Deus, mas sentindo que Não lhe dava o devido valor.

Obrigado pelo texto.

Um grande beijinho em Cristo