quarta-feira, abril 18, 2007

Para reflectir

Hoje deixo-vos apenas uma pergunta.

Na vossa opinião, o que é que contribui mais para que haja quem não acredite em Deus?

15 comentários:

Júlio da Costa Gomes disse...

O mau testemunho dos cristãos.

André Alves Correia disse...

Cara Mª João,

Se fosse possível apontar apenas meia dúzia de causas...

silvino disse...

ui, isso de "não acreditar" é meio parvo, pois smp me pareceu evidente .. dsd a inocencia da criança q fui, até ao jovem cientista q está a formar-se ..

mas se tivesse q arriscar uma resposta, baseado no acreditar q é tb um conhecimento organico .. diria q se trata do paradoxo de deus: a liberdade concedida perante a nossa imperfeição de criaturas (:

Alessandro Martini disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Alessandro Martini disse...

Gostaria de comunica-los que devido a lentidão insuportável do blog.com o Apologeta esta agora em novo endereço.

http://apologeta.blogspot.com

Peço o favor de corrigir a indicação do mesmo em sua lista de links, e agradeço a gentileza de nos incluir nela.

Obrigado

mary* disse...

OS MAUS SÃO MAUS PORQUE OS BONS NÃO SÃO MELHORES...

Saborear a Vida
Acesse o blog!

www.saborearavida.blogspot.com

jc disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
jc disse...

numa palavra só?!

Satanás...

É ele o causador de toda a dúvida... Foi com ele que começou, e também vai acabar nele... Esse dia será quando Jesus voltar para dar ao Verdadeiro Rei o Seu Reino.

sedente disse...

É difícil responder em poucas palavras, mas acho que o que contribui para as pessoas não acreditarem, não são os outros mas simplesmente “o não saber amar”, o ter dificuldade em transformar num coração de carne, o coração de pedra que o homem tem, e de que possui liberdade e capacidade de consubstanciar naquilo que ele é e deve ser verdadeiramente...criado para acreditar e amar a Deus. O amor é o motor de tudo…basta não amar de verdade para não acreditar em Deus de e na verdade. "Deus é amor" diz-nos a 1ª Carta de João…se não amamos, como podemos acreditar e conhecê-Lo? “O desejo de amar já é amor” dizia o Beato Carlos de Foucauld…o desejo de acreditar já é acreditar, digo eu. Todos os homens podem encontrar um consolo, uma esperança de fé nestas palavras do Irmãozinho universal. Todos têm sede de Deus, de acreditar n'Ele…podem não se aperceber, mas esta sede segue a vida única de cada um…está presente e se revela no devido momento, fruto de uma caminhada existencial. Muito sucinta, eis a minha humilde reflexão que merece um maior aprofundamento…todos podem fazê-lo no silêncio do seu coração.

Ver para crer disse...

A vida dos que dizem m'Ele acreditar.

chuva disse...

A incompreensão do sofrimento.

joaquim disse...

Cara Maria João
Haverá muitas respostas, mas penso que uma muito importante está aqui, se conferirmos a nossa vida de cristãos, com a Palavra de Deus.

Uma comunidade modelo - Eram assíduos ao ensino dos Apóstolos, à união fraterna, à fracção do pão e às orações. Perante os inumeráveis prodígios e milagres realizados pelos Apóstolos, o temor dominava todos os espíritos. Todos os crentes viviam unidos e possuíam tudo em comum. Vendiam terras e outros bens e distribuíam o dinheiro por todos, de acordo com as necessidades de cada um.
Como se tivessem uma só alma, frequentavam diariamente o templo, partiam o pão em suas casas e tomavam o alimento com alegria e simplicidade de coração. Louvavam a Deus e tinham a simpatia de todo o povo. E o Senhor aumentava, todos os dias, o número dos que tinham entrado no caminho da salvação. Act 2, 42-47

Basta verificar o final desta citação!
Abraço em Cristo

Albertino disse...

Maria João.
Vim aqui por mero acaso e... despertou-me esta questão sempre tão pertinente.
A culpa da falta de Fé... a quem a imputar?
Surge-me dizer que talvez a mim mesmo e às minhas atitudes... à minha falta de coragem tantas vezes para mostrar aos outros que ELE VIVE em cada homem e mulher, que ELE precisa de todos nós para que os outros vejam e acreditem...
A falta de um olhar de amor entre todos, e também dos cristãos, é para mim a grande culpada poque o AMOR tudo suporta e tud crê, diz S. Paulo.
Também, e porque não dizer, à Igreja, todos os Baptizados no Nome d'ELE que nem sempre foram sinal de vida e esperança.
O Concílio Vat. II reconheceu-o ao dizer que "temos não pouca culpa por tantos que se afastam do caminho da fé em CRisto" (as palavras não são estas mas o sentido é).
Cabe a todos nós olhar para Cristo e depois, com o olhar de Cristo, tocar o olhar humano com a certeza de que existe a Fé e que há que colocá-la bem à vista, sem dar nas vistas, tal como o candelabro que alumia toda uma casa.
Grato e com votos de paz e bem!
A. R.

J disse...

Maria João,

O que na minha opinião mais contribui para muitos não acreditarem é a falta de Amor.

Cristo é Amor.

Outra coisa que penso que tambem contribui em certa medida é a racionalização excessiva das pessoas, a fé tambem é racional, mas muitas vezes queremos que tudo seja como uma equação matematica, e tenha apenas um resultado pratico e obvio, enquanto que a fé tem muito de vivencia e não é tão simples quanto isso, ou se calhar ate é , mas nos temos tendencia a complicar.

Um grande beijinho em Cristo

Fontez disse...

radicalismo e o Ego!