sexta-feira, abril 25, 2008


Um amor muito puro


Em conversa com uma amiga falava-lhe de como a minha vida mudou desde que descobri a missão. Falava-lhe do bairro onde vou. E tentava explicar-lhe o que sentia. Ela queria perceber o que eu sentia. Mas, não consegui. O amor ao próximo, o amor à pessoa que ninguém quer, é tão puro que não dá para transmitir por palavras...

Ela, tentando ajudar, disse-me: “Sentes-te uma pessoa melhor...” Respondi-lhe que não era bem isso. É verdade que nos sentimos bem por seguir o exemplo do amor de Cristo, mas é mais do que isso. Quando vou ter com as pessoas, quando elas vêm ter comigo, quando ponho os pés no bairro, há uma presença tão forte de Deus Pai que não dá para explicar... Nunca pensei sentir isto. É algo que só experimentando. É amor, uma presença Dele tão forte que, mesmo com a saúde em baixo e com tantos problemas para resolver, nada nos abala. O mundo pode parecer desabar, pode parecer que não aguentamos nada, que não conseguimos lidar com os problemas, com as injustiças... mas aguentamos. Mesmo nos momentos de silêncio de Deus Pai, sabemos que Ele está lá.

Se me perguntarem: “Como posso sentir isso?” Eu respondo: “Faz como Jesus que amou aqueles que ninguém queria. Amou quem era discriminado, quem era apontado como “o pecador”, que ia às casas pobres sem se sentir enojado... Ainda há muitas pessoas que não são amadas. Que são apontadas como “o imigrante”, “o do bairro de lata”.... Ama-os! Vai ter com eles e sentirás este amor tão puro que eu sinto! Qualquer pessoa pode senti-lo se se deixar levar pelo exemplo de Cristo e se amar sem barreiras... Nem sempre fui cristã católica, nem sempre amei mesmo o Pai, mas Ele chamou-me e fez-me ver que este amor não é uma ilusão. Fê-lo comigo, com muitas outras pessoas e também poderá fazer contigo que estás a ler esta mensagem (se já não o fez)”...

11 comentários:

Paulo Sempre disse...

Esta «coisa» da fé é, de facto, motivo para muita reflexão...
Neste blogue há sempre uma «luz» que nos obriga a reflectir...
Não é sem motivo que, por vezes, passo por aqui.
Até sempre
Paulo Sempre.

silvino disse...

as tuas acções são a verdadeira religião, porque não teorizas as palavras da fé, nem te escondes atrás de explicações complicadas :)

deixa-me ser o portador das palavras desse jesus de nazaré para te dizer: obrigado.

joaquim disse...

É verdade Maria João, faltam as palavras para conseguirmos explicar o que vai acontecendo dentro de nós.
Tudo o que dizemos, depois de o dizermos, parece pouco, parece que não transmite aquilo que verdadeiramente sentimos.
Por isso mesmo é que Ele se "encarrega" de dar calor e sentido às nossas palavras no coração e no entendimento daquele que nos escuta, para que também tenha vontade de viver esse amor e para que nós não nos "orgulhemos" das nossas palavras.

“Sentes-te uma pessoa melhor...”

Tenho para mim que nos sentimos melhor, porque quando O deixamos fazer em nós, os outros se sentem melhor e esse melhor dos outros se reflecte em nós.
Um pouco confuso, acho eu, mas lá está são palavras nossas e por isso não conseguem explicar aquilo que sentimos.

Mas mais do que as palavras é o testemunho que dás e o calor que colocas no que dizes e no que fazes, que envolvido no amor de Deus, nos toca os corações.
Obrigado!

Abraço amigo em Cristo

Paulo disse...

Um belo e simples artigo cheio de tanta beleza.

Paulo Costa disse...

Mais uma reflexão impregnada da graça e do amor que Deus derrama nos nossos corações através do Seu Espírito. Creio que qualquer pessoa sensível e consciente da realidade não poderá ficar indiferente ao teu testemunho, Maria João.
Eu considero admirável e louvável a missão que desenvolves com tanto amor, ternura e paixão.
Abraço fraterno em Cristo.

osátiro disse...

Parabéns Maria João!
Esse exemplo é o que distingue o Cristianismo de outros movimentos e "ismos" que por aí proliferam.
Obrigado pela partilha dessas acções.

A quem ler, aconselho consultar a "Fundação Ajuda À Igreja Que Sofre" e ficará a saber a miséria que vai pelo Mundo!

Rui Melgão disse...

É muito bom viver em atitude de missão porque é pelo amor que poderemos vivenciar a essência divina que é amor... sentimo-nos completos, totalmente uteis, a nossa existência têm um propósito, um sentido, o abraço do Pai...

Paulo Costa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Paulo Costa disse...

O Abrigo dos Sábios foi nomeado por outro blog amigo: Olhai os lírios do campo. Assim continuamos esta "RedeTeia" cumprindo as regras.
Pela blogosfera decorre uma inciativa com a finalidade de homenagear blogs de amigos que nos visitam ou que nós visitamos e que, de alguma forma, têm pontos em comum connosco.
Desta forma o blog Abrigo dos Sábios foi nomeado pela Viviana, pessoa muito amiga, generosa e amável que possui um espaço que é um convite permanente à reflexão e à contemplação da beleza que nos rodeia. "Olhai os lírios do campo" (http://olhaioliriodocampo.blogspot.com/).



Como é um blog muito bom, sim senhora!
De acordo com as seguintes regras:
1. Este prémio deve ser atribuído aos blogs que gostamos e visitamos regularmente, postando comentários.
2. Ao receber o selo "é um blog muito bom sim senhora"! devemos escrever um post incluindo:o nome de quem nos deu o prémio com o respectivo link de acesso+ a tag do prémio + a indicação de outros 7 blogs.
3. A tag do prémio deve ser exibida no blog.Assim o blog, http://www.abrigodossabios-paulo.blogspot.com/ conhecido por Abrigo dos Sábios, declara que os blogs que visita e comenta, entre outros que comenta e visita lamenta não nomear são:


http://deusemtudoesempre.blogspot.com/ (Deus em Tudo e Sempre)
http://flor-odesabrochar.blogspot.com/ (O Desabochar de uma simples flor)
http://amandoaoproximo.blogspot.com/ (Amando ao Próximo)
http://jardimdaalma.blogspot.com/ (Jardim da Alma)
http://murmuriosdomar.blogspot.com/ (Murmúrios do Mar)
http://evvidal.blogspot.com/ (Re-Novidade)
http://sandrogerio.zip.net/ (Tudo tem seu tempo)

Deus em Tudo e Sempre, porque:

É um espaço onde tenho aprendido o valor da missão e do serviço ao próximo por amor a Deus.

Paulo

Fa menor disse...

Olá Maria João!
Somos chamados a sentir em nós esse amor de Jesus, preferencial pelos pobres e excluídos...
Penso que, se cada um à sua maneira, se der aos outros mais necessitados, em acções, palavras acompanhamento... estará a amar à semelhança do amor de Jesus.
Amor que não será fácil de descrever, hoje, num mundo tão egoísta.

Boa Quinta feira de Ascenção!

Beijo em Cristo

Viviana disse...

Olá Maria João!

Que bom encontrar alguem, que com tanto amor, se dá aos outros numa total entrega de ajuda cristâ!

Comprrendo o seu sentir, pois durante dezenas de anos...trabalhei em bairros de lata, como enfermeira e como mulher cristã, apoiando e levando ajuda e dando testemunho do Amor de Deus.

Quantas saudades!!!

Mas,não estou parada... hoje o meu principal trabalho como enfermeira reformada, é trabalho de visitas a doentes, a pessoas sós e de Enagelização.

Sinto-me muito bem a fazer isso.

Um grande abraço e, continue, pois há imenso que fazer.
Viviana