quarta-feira, abril 15, 2009

Reconheces Jesus?

Deixo-vos o comentário de hoje do Evangelho Quotidiano .

De São Gregório Magno,Papa, Doutor da Igreja

"Dois discípulos de Jesus caminhavam na estrada e, não acreditando que era Ele, d'Ele falavam, porém (S. Lucas 24,13-35). O Senhor apareceu-lhes, sem contudo Se lhes mostrar sob uma forma por que O pudessem reconhecer. O Senhor realizou portanto no exterior, aos olhos do corpo, o que neles se cumpria no interior, aos olhos do coração. No seu próprio interior, os discípulos amavam e duvidavam em simultâneo; no exterior, o Senhor estava presente sem no entanto manifestar Quem era. Áqueles que d' Ele falavam, oferecia a Sua presença; mas aos que duvidavam d'Ele, escondia o aspecto habitual, que lhes teria permitido reconhecê-Lo.

Trocou algumas palavras com eles, reprovou-lhes a lentidão em compreender, explicou-lhes os mistérios da Sagrada Escritura que Lhe diziam respeito. E, no entanto, no coração deles continuava a ser um estranho, por falta de fé; fez então menção de seguir para diante [...]. A Verdade, que é simples, nada fez com duplicidade, mas manifestou-Se simplesmente aos discípulos no Seu corpo tal como estava no espírito deles.

Com esta prova, o Senhor queria ver se os que ainda não O amavam como Deus eram ao menos capazes de O amar como viajante. A Verdade caminhava com eles; não podiam pois continuar estranhos ao amor; ofereceram-Lhe hospitalidade, propondo-Lhe que pernoitasse com eles, como se costuma fazer aos viajantes. Por que dizemos então que eles Lho propuseram, quando está escrito: «Insistiram com Ele»? Este exemplo mostra-nos bem que não devemos apenas oferecer hospitalidade aos viajantes, mas fazê-lo com insistência.

Os discípulos puseram a mesa, ofereceram da sua ceia; e, não tendo reconhecido a Deus quando da Sua explicação da Sagrada Escritura, eis que O reconhecem agora, na fracção do pão. Não foi pois ao escutar os mandamentos de Deus que ficaram iluminados, mas ao pô-los em prática."

5 comentários:

Ao toque do amor disse...

Olá...minha querida
Vim te visitar, deixar o meu carinho e te oferecer o selo - O AMOR DE DEUS NOS UNIU
voce, pode oferece-lo a quantas pessoas quiser. desde que elas toquem o teu coração.
Temos que falar do amor de Deus as pessoas.
bjus

Dani disse...

Que bela reflexão! Há tempos, na correria, não conseguia passar por aqui, mas hoje vejo em todos os posts que li tudo o que perdi. Conserve esse cantinho abençoado como tem sido, com tanto Deus!!
Beijos

Canela disse...

Olá!

"Não foi pois ao escutar os mandamentos de Deus que ficaram iluminados, mas ao pô-los em prática."

Gosto muito de te lêr. Prefiro meditar nesta simples frase, em vez de te comentar!


Abraço amigo em Cristo e Maria

Pena disse...

Oh, Linda Amiga:
Um post que fascina de encanto.
Sensível e merecedor de todos os elogios,a adorável escolha para postar. Uma crença fervorosa no poder Divino. Dele. Deus.
Dá-nos uma bela mensagem saída da sua interioridade e personalidade lindas e adoráveis.
Profunda. Significativa. Em que Acredita! Extraordinário.
Parabéns sinceros.
Adorei! Vê-se o que deseja da vida, da sua forma de estar e ser com carinho e ternura no seu imenso poder de pureza eterna.
Beijinhos amigos de respeito, estima e consideração.
Sempre a lê-la atentamente com admiração...

Pena

Bem-Haja, amiga preciosa!
Não se arrelie com o Pena, doce amiga de um sonho.

Peter Pan disse...

Estimada e Brilhante Amiga:
As suas soberbas e deliciosas palavras têm o condão de deslumbrar e encantar. Sim! O Mundo...O Planeta...Todos nós...
A sua Crença Divina habita no encanto de si.
Tento sempre ser sensato, sóbrio e um distribuidor feliz e alegre de felicidade e alegria.
A minha linda amiga gigante, tem-nas a jorros de delícia.
Preciso tanto da Sininho para me ajudar a levar a cabo e a bom porto a dedicação pelos mais pequeninos.
Vamos ver...
Deus é Enorme e está em todo o lado.
Escreveu algo de fantástico, fabuloso, de interesse imenso e poderoso. Fez-me comover tanta pureza e beleza.
Bem-Haja!

Beijinhos amigos com todo o meu respeito e estima.
Sempre a admirá-la e a estimá-la

p.p./Pena

Fabuloso, amiguinha!
Que Ele olhe por todos nós. Tal como VOCÊ, carinhosa amiga.