terça-feira, setembro 09, 2008

Férias com Deus ou sem Deus?


As férias acabaram. Pelo menos, já não há muitas pessoas de férias. No final do descanso, talvez fosse bom meditarmos sobre o que temos feito no período de descanso. Deixo algumas reflexões que também vou fazer.

- Será que Deus esteve sobre todas as coisas?

- Será que usámos o nome Dele em vão, blasfemando em Seu nome, fazendo promessas falsas em Seu nome? Quando estávamos irritados, usávamos o Seu nome sem pensar nisso?

- Respeitámos sempre os outros?

- Abandonámos os nossos pais para irmos de férias?

- Fomos à Missa? Levámos os nossos filhos à missa?

- Rezámos todos os dias, meditando na Palavra de Deus?

- Amámos os outros como a nós mesmos?

- Quando apareceu alguém a precisar de ajuda, ajudámos?

- Nos momentos bons louvámos a Deus, sorrimos, mostrámos o Rosto de Cristo? E nos momentos maus, louvámos Deus, apesar do sofrimento? Vimos nos outros o Rosto de Cristo?

- Fomos pacíficos, humildes, mansos e prudentes nas palavras e nas acções?

- Invocámos o Espírito Santo?

- Tivémos momentos só para Deus, indo ao sacrário, meditando, rezando?

- Rezámos pelos consagrados e pelo Papa?

Enfim, pensemos nos momentos em que fomos o Rosto de Cristo e naqueles em que não o fomos tanto. Mas, sem nunca nos esquecermos que Deus é Amor e que nos perdoa. Basta dirigirmo-nos ao sacramento da Confissão, ou seja, reconciliarmo-nos com Ele. E, claro, mudar o que está mal. Podem também meditar com a ajuda dos Dez Mandamentos e das Bem-Aventuranças.

Jesus, ajuda-nos a meditar em tudo o que fizémos nas férias. Desculpa se Te esquecemos. Ajuda-nos a ter mais fé, esperança e caridade. Ajuda-nos a ser mais o Teu Rosto e a ver o Teu Rosto nos outros. Pai, Filho e Espírito Santo dêem-nos a Vossa benção e o Vosso perdão. Obrigado por nos ouvirem. Maria, rogai por nós. Amén.

13 comentários:

Fa menor disse...

Bonita reflexão, Maria!
... eu, pelo menos, acho que deixei muito a desejar...

beijinhos em Cristo e Maria

Peregrina disse...

As minhas férias foram, maioritariamente, na igreja. E em Igreja. Acho que, e apesar de quantidade não ser qualidade, nestas férias estive bem próximo d'Ele :)

Beijinho, obrigado pelo teu comentario*

vimaguin disse...

...dizer-se religioso é uma coisa...praticar a religião é outra bem diferente...e Deus deve estar em todos os nossos passos...de férias, ou trabalhando, tudo que fazemos deve ser para sua Honra e Glória!
Shalon!

Paulo Costa disse...

Questões pertinentes, sem dúvida. Vou procurar reflectir sobre tudo o que escreveste, antes e depois das férias que se aproximam.

Abraço fraterno.

marazul disse...

Obrigada pela visita.
beijinho

Marlene Maravilha disse...

Querida,
Acho que deveríamos fazer estas perguntas a nós mesmos, ao final de cada dia da nossa vida! Lindo post!
beijo enorme

Paulo disse...

Como a minha mulher durante as férias um dia disse ao nosso filho, sobre o ir à igreja nessa altura:
- E Deus, tira férias de nós?

Anita disse...

Amigo é luz que não deixa a vida escurecer.

Beijos cheios de doçura.
Obrigado pela tua amizade.
Fica bem. Fica com Deus.
Anita (amor fraternal)

osátiro disse...

Na Arábia Saudita há 800 mil católicos, imigrantes explorados, mas as igrejas são proibidas e até em casa é perigoso rezar.

Ver em:
http://contraacorrente1.blogspot.com/2008/08/perseguio-aos-cristos.html

E também notícias de:
"ZENIT o Mundo Visto de Roma":

"Arábia Saudita: presos quatro cristãos enquanto rezavam em uma casa [19-06-2006]


Preocupação por dois cristãos detidos por sua fé em Riad (Arábia Saudita) [22-06-2005]
Nova onda de detenções


Sete cristãos libertados na Arábia Saudita sob renúncia a praticar sua fé (em particular) [09-06-2005]
Foram maltratados durante sua detenção em Riad


Pedido de ajuda internacional para os cristãos presos na Arábia Saudita [08-06-2005]
Um apelo de seus familiares e amigos


Arcebispo de Lahore pede a liberdade de 40 cristãos encarcerados na Arábia Saudita [18-05-2005]
Pede a seu governo que faça pressão


Papa bate à porta dos países que não têm relações com o Vaticano [12-05-2005]
China, Vietnã, Coréia do Norte e Arábia Saudita


João Paulo II nas primeiras páginas dos jornais árabes [10-04-2005]
Segundo constata o representante papal na Península Arábica


Novo bispo vigário apostólico para a Arábia [21-03-2005]
Dom Paul Hinder substitui Dom Giovanni Bernardo Gremoli


Cardeal Medina Estévez, novo Cardeal Protodiácono [25-02-2005]
Tem a missão de anunciar e o nome do novo pontífice


Arábia Saudita: Polícia religiosa detém um cidadão saudita convertido ao cristianismo [21-12-2004]


Perigo de cárcere para os não-muçulmanos na Arábia Saudita [07-12-2004]
Inexistente reciprocidade de liberdade religiosa com outros países, denuncia o padre Cervellera


Um cristão nos cárceres sauditas por «evangelizar» [26-11-2004]
Após sua libertação, Brian Savio O´Connor compartilha seu testemunho


Libertado cristão indiano condenado na Arábia Saudita por questões de fé [04-11-2004]
Brian Savio O´Connor já se encontra em Bombaim


Apelo pela liberdade do católico indiano condenado na Arábia Saudita [29-10-2004]
10 meses de prisão e 300 chibatadas para Brian Sávio O´Connor


Católico indiano torturado por causa de sua fé pela polícia da Arábia Saudita [02-06-2004]
Acusações contra ele poderão comportar a pena de morte.

Ecclesiae Dei disse...

Aqui no Brasil não é tempo de férias, mas fiz a reflexão mesmo assim!
Obrigado pois sempre nos faz refletir!

Ailime disse...

Interessante reflexão!
No meu dia a dia, como também nas férias, procuro sempre um "tempinho" para estar com Ele, louvando-O e agradecendo o Seu Amor incondicional.
Beijinhos e um Santo Domingo.

antonio disse...

Demasiado nos pedes a nós pecadores... como luz que nos encadeia, mesmo sabendo que aí reside a nossa salvação.

Anita disse...

Desejo que os raios do teu sol sejam mais dourados, que todas as nuvens sejam branquinhas como o algodão. Que a luz dos sorrisos iluminem teus momentos. Que o teu coração mantenha sempre a porta aberta para receber tudo de bom que a vida te reserva... "A Felicidade"!

Beijinhos.
Fica bem. Fica com Deus.
Anita (amor fraternal)