terça-feira, março 11, 2008

Para pensar ... e agir!



Jesus nasce num estábulo, após os seus pais não serem aceites numa pousada
Quantas grávidas são rejeitadas pelo sexo do filho, no trabalho, pela família, pelos amigos... Quantas morrem na guerra, quantas morrem no parto, quantas têm os filhos em locais sem o mínimo de condições...

Cresce sendo visto como uma criança diferente que já fala com os doutores da lei aos 12 anos
Quantas crianças não são amadas por serem diferentes... Seja porque têm uma deficiência, ou porque são pobres, ou porque não usam a t-shirt da marca X, ou porque têm sida...

Divulga a palavra do Pai e é considerado louco quando diz “amai-vos uns aos outros", em vez de "olho por olho, dente por dente”
Quantas pessoas não sofrem por amarem a Cristo e ao próximo, quantos missionários torturados, quantos missionários mortos, quantas crianças violadas, mutiladas... E tudo isto quando há falta de tanto amor, misericórdia e compreensão. ..

Jesus cura as pessoas do pecado e das doenças
Quantas pessoas não precisam de ser curadas e não conhecem Jesus , quantas pessoas não precisam de um medicamento e não o têm, quantas pessoas precisam da Paz de Cristo e não a têm porque ninguém lhes fala dela...

Jesus é condenado à morte por amar
Quantos inocentes não estão no corredor da morte, quantos presos não precisam de conhecer Cristo para se curarem dos seus vícios e atitudes, quantas pessoas não sofrem pela maldade dos outros...

Jesus foi coroado com espinhos, carregou uma cruz pesada (a do mundo inteiro), foi crucificado, morto
Quantas pessoas não estão na agonia da morte, quantas pessoas não suportam mais a dor física, psíquica e espiritual, quantas pessoas precisam de morrer em paz, quantas pessoas precisam de morrer na esperança da vida eterna...

Jesus, ajuda todas as pessoas que estão na agonia! Ajuda-nos a divulgar o Teu Amor e Misericórdia! O mundo tem muito sofrimento, mas simplesmente, porque não acreditamos ou não queremos acreditar e praticar o Teu exemplo: “amai-vos uns aos outros”. Liberta-nos das desculpas de que "a Igreja faz asneiras", "não é só a Igreja que pratica o bem", "os crentes ainda são piores"... Desculpas que nos fazem ficar parados, a refilar contra o sofrimento, mas sem fazermos nada para o evitar... Todos podemos ser uma gota de amor... Por que não passamos à prática?

4 comentários:

Ecclesiae Dei disse...

Quanta verdade... quanto nos falta ainda fazer... textos como esse nos dão força para arregaçar as mangas e amar, amar, amar!
Abraços

joaquim disse...

No fim desta tua reflexão, só cabe um AMEN!

Obrigado!

Abraço amigo em Cristo

elsa nyny disse...

Linda!

Isso mesmo deixemo-nos de desculpa e..."amemo-nos uns aos outros"!!!

Bjtssssssssssss

Paulo Costa disse...

Jesus experimentou e suportou a dor, o sofrimento, a pobreza, a rejeição, a traição, o abandono, a incompreensão... Ele sabe o quanto sofremos e compadece-se de nós. Se recorrermos a Ele e formos obedientes ao seu mandamento de amar acima de tudo, com certeza que o mundo será um lugar melhor para viver e não sentiremos tanto o peso do fardo que carregamos.
Abraço fraterno!