sexta-feira, novembro 30, 2007

O dia de amanhã pode ser tarde de mais...

Temos uma tendência muito grande para os extremos. Mas, às vezes, é preciso ter cuidado.
Por exemplo, há quem pense que Deus é um castigador. Quem é que em criança nunca ouviu dizer: "Olha que Deus castiga-te!". É o Senhor do chicote, de Quem se deve ter medo.

Mas, Jesus mostrou-nos que não é bem assim. Deus é Pai, Amigo, Confessor, Amor, Misericórdia... Está sempre de braços abertos à nossa espera, à espera do nosso arrependimento.

Mas, atenção! A misericórdia de Deus é infinita, porque dá para todos. Mas, isso não significa que não haja um limite de tempo para a pessoa dizer "Sim, amo-Te e quero seguir a Tua Palavra de Amor!". Ele propõe o Seu Caminho. Nós temos o livre-arbítrio para dizer sim ou não. Mas, também não devemos guardar o nosso "Sim", se for essa a resposta, durante muito tempo. O caminho para a Vida Eterna começa aqui, onde estamos. Jesus propõe, mas se depois de vezes sem conta não dermos o nosso "Sim", Ele aceita a nossa decisão e deixa-nos ir pelo caminho contrário ao Seu.

Não guardemos para amanhã o nosso "Sim". Depois pode ser tarde de mais e acontecer o que Jesus nos diz na parábola das Virgens (http://www.paroquias.org/biblia/?c=Mt+25): "Em verdade vos digo: Não vos conheço. Vigiai, pois, porque não sabeis o dia nem a hora."

7 comentários:

Ver para crer disse...

Deus é de facto Pai e Mãe. Se castiga é para que seus filhos se emendem e tenham a Vida.

Nelson Viana disse...

O castigo de Deus não é mais do que um castigo infligido por nós próprios, como consequência das nossas escolhas. Fomos feitos para Deus e para a sua glória, mas munidos de vontade própria. Quando usamos essa vontade de forma errada, deixamos de contar com a Sua protecção, e aí sim, estamos sujeitos ao "castigo", pois sem a protecção de Deus, caminhamos sós, e mais cedo ou mais tarde, cairemos...
Mas é importante aprender com esses erros, pois são eles que nos farão crescer.

Recordando o exemplo do bom ladrão, vemos que o seu "sim" a Deus ocorreu nos últimos momentos da sua vida. Isso aconteceu, porque foi humilde em reconhecer os seus erros, o que o levou a acreditar em Cristo.

Em conclusão, o nosso "sim" a Deus vem quando nós reconhecemos as nossas falhas. Isso é um sinal de possuirmos a maior virtude de todas: a humildade. A humildade é a base para percebermos os sinais de Deus (Jesus Cristo), como aconteceu com o bom ladrão. Só ela nos poderá levar ao conhecimento da Verdade que reside na pessoa de Cristo. Só ela nos fará perceber a missão que Deus nos preparou desde o principio das nossas vidas...

Bjs sra. Missionária

Freespirit disse...

Bela reflexão Maria João, é sempre bom meditar na conversão em época de Advento...


Beijos em Cristo

Paulo disse...

Deus é amor, e como tal ama-Nos como nem nós conseguimos Amar. Um bo artigo para pensar e meditar um pouco.

Paulo Costa disse...

C.S. Lewis disse:"Em suma, existem somente dois tipos de pessoas: as que dizem a Deus: `Faça-se a tua vontade´; e aquelas a quem Deus lhes dirá por último: `Faça-se a tua vontade´."
Beijos!
Bom fim de semana!

PATRIQUI disse...

DEUS COM CERTEZA É UM CASTIGADOR
NUNCA MUDA NADA, VIVAM COM A HIPOCRISIA QUE DEUS VAI TE AJUDAR, E FIQUE ESPERANDO QUE ELE TE AJUDA
ELE SÓ VAI TE FERRAR

Rianne disse...

Olá, será que voce pode me disponibilizar esta foto em tamanho ou resoluçao maior?

Agradeço!
riannecavani@gmail.com