sexta-feira, abril 30, 2021

 

Não nos desviemos de Jesus e afastemos o mestre X que tudo cura

 


À entrada do Metro ou nos carros lá está aquele pequeno papel a dizer que o mestre ou professor X ajuda a ultrapassar todo o tipo de dificuldades. No Metro chega-se ao ponto de se “lançar” uma suposta praga a quem não aceita tal papelinho…

Enfim, uma grande crise mostra sempre o que está bem escondido: a prática do ocultismo. Pode ser sob a forma de cartas, benzeduras, objetos para o mau-olhado, búzios, magia negra, magia branca … Para mim, pessoalmente, o que me faz sentir mais triste é ver que há cristãos, de ida regular à Igreja, que adoram estes deuses falsos, que lhes roubam o dinheiro (e muito), a dignidade, a santidade, a saúde mental.

Não quero criticar ninguém, porque quem nunca pecou que atire a primeira pedra e existem situações na vida em que é fácil cair na tentação de desesperar e ir por onde não se deve. Apenas alerto para o que Deus nos diz sobre estas práticas:

“Ninguém no teu meio faça passar pelo fogo o seu filho ou a sua filha; ou se dê a encantamentos, aos augúrios, à adivinhação, à magia, ao feiticismo, ao espiritismo, aos sortilégios, à evocação dos mortos, porque o SENHOR abomina todos os que fazem tais coisas.” Dt 18, 10-12

Quem já caiu na cilada ou pensou inclusive em seguir esta direção, não desespere, peça perdão a Deus na Reconciliação e a graça de abraçar a cruz do dia a dia. Como nos diz o Evangelho de hoje: Jesus é “o Caminho, a Verdade e Vida” (Jo 14, 6). Com Ele “nada me falta” (Sl 23).



 

 

 

quinta-feira, abril 22, 2021

 

Pior que o cancro é o sofrimento da sua filha…
 


Há momentos que valem ouro… No outro dia presenciei uma situação que me marcou profundamente. A senhora tem mais de 80 anos, tem cancro e já mal sai da cama. Apesar de saber que a situação “não é nada boa”, a preocupação dela é apenas com a filha, que foi operada à coluna e que dorme no chão para a poder acompanhar. Preocupa-a a saúde da filha, a responsabilidade de cuidar dela e do pai, numa casa bem pequena… Não é o cancro, com um prognóstico demasiado mau, mas o sofrimento da sua mais que tudo que teima em magoar o seu coração…

Até que ponto sabemos amar os nossos pais? Preocupa-me muito ver como vivemos numa sociedade que descarta cada vez mais os que são “um fardo”, sejam idosos, pessoas com deficiências físicas e cognitivas, doenças limitativas, etc.

Ajudai-nos, Jesus, a conhecer o verdadeiro Amor para não nos deixarmos contaminar, mesmo que inconscientemente, pela ideia light de amor, que tanto está a vingar na sociedade. Ámen.



sexta-feira, abril 16, 2021

 

Toma os meus pedidos, Mãe, e eu fico com os teus!



As nossas preocupações e desejos tornam-se, muitas vezes, ídolos para nós próprios, mesmo que seja de forma inconsciente. Chegamos ao ponto de podermos desesperar e ficar bem cegos, sem ver mais nada, inclusive a solução do problema. 

Há pouco tempo descobri uma solução incrível para esta nossa tendência. Qual? Trocar os nossos problemas (e os dos outros por quem intercedemos) com a nossa Querida Mãe. Como? Num gesto de amor e de confiança, entregamos-Lhe tudo aquilo que nos preocupa e oramos apenas pelas suas intenções, que são as seguintes: 

- Paz no Mundo

- União das famílias

- Papa

- Santificação dos sacerdotes

- Vocações

- Igreja

- Jovens

- Almas do Purgatório

- Cura dos Doentes

- Conversão dos que ainda não creem

- Conversão dos pecadores

- Trinfo do Imaculado Coração de Maria

- Dons do Espírito Santo

Acreditem! A Mãe vai entregar tudo a Jesus! Já fiz esta “troca” com a Mãe e é maravilhoso! Sinto mais paz na oração, maior confiança, aceito mais facilmente a Vontade de Deus e na oração estou mais centrada em Jesus e não tanto naquilo que Lhe peço. Experimentem!


quarta-feira, abril 07, 2021

 

Jesus espera-nos sempre, mesmo quando não estamos a 100%!



“Não deixeis que os vossos sentimentos dirijam o vosso tempo de oração. Imaginai um casamento em que duas pessoas só se servem uma à outra nos momentos de amor romântico. Não preciso de vos dizer que o casamento estaria condenado. É exatamente a mesma coisa que se passa com a vossa relação Comigo. Servi-Me sempre, independentemente de como vos sentis.

Consegues imaginar, Meu filho, chegares até Mim em oração e Eu virar-te as costas? Será que Eu te vou dizer: “Vai-te embora, tu não sentes que és suficientemente santo para falares Comigo.”? (...) Que ridículo. É particularmente nestes momentos, em que não vos sentis santos, que Eu devo escutar-vos, acalmar-vos e amar-vos.”

Palavras de Jesus à apóstola leiga Anne (disponível no site do P.e Sousa Lara em Directions for Our Times) Layout 1 (santidade.net)



quinta-feira, abril 01, 2021

 

Novena da Divina Misericórdia: É já na Sexta-feira Santa!

 


Quem me conhece já sabe que nesta altura divulgo a Novena da Divina Misericórdia. Por que insisto? Quando conhecemos as mensagens de Jesus a Santa Faustina não conseguimos guardá-las a sete chaves. Conhecer a Sua Misericórdia e Amor é fundamental, sobretudo nos dias de hoje em que o perdão é considerado fraqueza e o amor é visto de forma tão individualista.

São 9 dias a meditar neste nosso Deus maravilhoso que continua à nossa espera. E quem acha que não pode ser perdoado e que já não tem saída, medite nestas palavras de Jesus: “Que a alma fraca, pecadora, não tenha medo de se aproximar de Mim, pois, mesmo que os seus pecados fossem mais numerosos que os grãos de areia da terra, ainda assim seriam submersos no abismo da Minha Misericórdia” (Diário de Santa Faustina, nº. 1059).

 Palavras que têm fundo bíblico: “Vinde agora, entendamo-nos - diz o Senhor. Mesmo que os vossos pecados sejam como escarlate, tornar-se-ão brancos como a neve.” (Is 1,18)

Saiba como rezar a novena que antecede a Festa da Misericórdia: Reze com confiança a novena da Divina Misericórdia (cancaonova.com)

terça-feira, março 30, 2021

 

Lemos tantas palavras, menos a Palavra de Deus…

 

Jesus sentiu-se “intimamente perturbado” (Jo 13, 21), diz-nos o Evangelho de hoje, em referência ao momento em que Judas se prepara para O trair e vender. É uma expressão muito forte…

Ao meditar, penso em muita coisa que O perturba intimamente: guerras, desavenças familiares, fome … Mas há uma que está na base: falta de missionários para levar a Boa Nova do Amor, do Perdão, da Paz. Porque se a Palavra de Deus fosse mais divulgada, sobretudo por gestos, não haveria tantas desgraças. E isto é possível em qualquer vocação, incluindo no matrimónio.

Mas até que ponto conhecemos a Palavra? Lemos tantas coisas, empenhamo-nos em tantos projetos… E no estudo da Palavra de Deus? Para a pôr em prática, é preciso conhecê-La, interiorizá-la…

Como somos tantas vezes preguiçosos, Jesus! Queixamo-nos de isto ou daquilo, mas a verdade é que na Tua Palavra há resposta para tudo. Contudo, preferimos dedicar-nos a outras coisas… Perdão, Jesus!


sexta-feira, março 26, 2021

 

Olhar para Jesus na cruz com os olhos de uma criança

 


 Na semana passada, os meus meninos da catequese estiveram a assistir a um filme sobre a Paixão de Jesus da Canção Nova Kids. São ainda pequenos e ficaram muito sensibilizados pelo que Jesus fez por nós. “Credo, Maria João! Jesus sofreu tanto!”


Sendo um filme com bonecos para crianças, obviamente que as imagens do Calvário são muito “leves” e dá-se especial ênfase na ressurreição e no amor que Jesus tem por cada um de nós. Mas tocou-me muito a sensibilidade daquelas crianças, com 7 e 8 anos, quando viram Jesus a ser alvo de troça por parte dos guardas ou quando Ele caiu ou foi colocado na cruz. Para eles não fazia sentido nenhum que Jesus tivesse sofrido daquela maneira, porque só fez o Bem.


Reflitamos: Todos os anos celebramos a Morte e Ressurreição de Jesus. Se calhar até vemos filmes, como o da Paixão de Cristo, que tem imagens muito fortes. Mas até que ponto nos deixamos realmente envolver por este sacrifício de Amor? Ele morreu por cada um de nós… De que forma, essa entrega total nos leva a mudar de vida? Será que a Quaresma, a Semana Santa e a Páscoa já se tornaram momentos banais?